Alpha Mater

Alpha Mater

    • 1
      Opções
      Unidade Indisponível
      Kit com 3 Indisponível
R$164,97
R$140,22
Quantidade
ALPHA MATER

Nutrição Eficiente
Premium Grade

Lipossomal
60 cápsulas de
absorção otimizada

Auxilia no
SISTEMA IMUNE

FOR FUTURE MOMS
Para gestantes

b12

A NUTRIÇÃO É A MÃE DA SAÚDE

Os nutrientes são a matéria-prima da vida. E, dentre todas as complexas funções que o organismo humano desempenha, a mais importante – e que demanda maior cuidado com o aporte destes elementos vitais – é a gestação.

As evidências científicas esclarecem que não é apenas durante a gravidez que a mulher precisa de uma carga extra de nutrientes. Idealmente, devemos preencher todas as necessidades nutricionais do organismo ao longo dos chamados "mil dias de ouro".

Isto significa criar suficiência nutritiva não apenas durante os nove meses da gravidez. Idealmente, os cuidados nutricionais devem ser iniciados cerca de dezoito meses antes da concepção, de forma a garantir que o organismo esteja particularmente abundante em nutrientes para o início da gestação – e este processo leva alguns meses.

Da mesma forma, durante os seis meses após o nascimento o organismo precisa continuar a ser nutrido de maneira especial, com o objetivo de repor boa parte do que cedeu de si, e de forma a garantir qualidade nutricional ao leite materno produzido.

O AMBIENTE NUTRICIONAL É DETERMINANTE

Preparar o terreno. Semear. Proteger e cuidar do pomar enquanto o fruto amadurece. E repor nutrientes ao solo depois da colheita.

Esta é uma boa forma de ilustrar a necessidade de cuidar do corpo da mãe antes, durante e depois da gestação. Não apenas pelo bem-estar da mulher, mas, principalmente, para garantir as melhores condições de sucesso ao novo ser que está em pleno processo de formação de seus complexos e sofisticados sistemas vitais. A evidência científica demonstra que a qualidade da nutrição da mãe durante este período completo afeta diversos e importantíssimos aspectos do desenvolvimento e da qualidade de vida da criança.

Alpha Mater

FÓRMULAS CORRETAS E BIODISPONÍVEIS GERAM OS MELHORES RESULTADOS.

Valorizamos os detalhes e desenvolvemos os produtos de forma criteriosa e científica, com os melhores e mais puros ingredientes que a natureza oferece. É por isso que a Puravida se diferencia e conquista a confiança de um público cada vez maior.

ALPHA MATER é um projeto especial para nós, pois nada pode ser mais importante do que oferecer uma fórmula que atenda de forma plena as necessidades de uma mãe que está no processo sagrado de gerar uma nova vida.

  • ÔMEGA 3 DHA

    O DHA é especialmente importante durante a gestação, lactação e infância.

    De acordo com o estudo “Docosahexaenoic acid (DHA) and the developing central nervous system (CNS)”, este ácido graxo é fundamental para o crescimento e o bom funcionamento do tecido cerebral e dos olhos, especialmente durante seu desenvolvimento na gestação e amamentação.

    Para se ter ideia, 60% do tecido cerebral é composto de gordura e 10% é constituído de Ômega 3 DHA (Makrides et al. 1994, Fatty acid composition of brain, retina, and erythrocytes in breast- and formula-fed infants). É encontrado principalmente nas partes do cérebro responsáveis pelo processamento de informação, memórias e emoções.

    A pesquisa “Maternal milk DHA content predicts cognitive performance in a sample of 28 nations”, publicada em 2013 na revista Maternal & Child Nutrition, analisou dados de 28 países e detectou uma associação direta entre os níveis de ômega 3 no leite materno durante o desenvolvimento das crianças e o desempenho delas nos estudos e a conclusão foi: Quanto mais ômega 3 no leite materno, maior a nota do teste Pisa de matemática.

    Países da Ásia, como China, Japão e Coreia, conhecidos pelo grande consumo de peixes e frutos do mar, destacaram-se pelo alto teor de ômega 3 e pelas notas mais altas no teste de matemática PISA.

    Já o Brasil, junto com a nota baixa, apresentou um percentual mínimo de ômega 3. É um elemento estrutural indispensável, não pode faltar. Mas infelizmente falta: estima-se que mais de 90% da população não obtém níveis adequados.

  • ViTAMiNA B9

    A recomendação de suplementar vitamina B9 durante a gestação é unânime entre médicos, obstetras e órgãos de saúde, sendo indicada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

    Isso ocorre pois é um elemento indispensável para o desenvolvimento adequado e para o bom funcionamento do sistema nervoso e da medula óssea no feto. Segundo artigo publicado na Reviews in Obstetrics & Ginecology em 2011, o folato (vitamina B9) é necessário para a replicação do DNA e para uma série de reações enzimáticas envolvidas na síntese de aminoácidos e no metabolismo de vitaminas.

    Ainda assim, problemas relacionados a baixos níveis de folato acontecem com certa frequência. Uma das razões é que a necessidade de folato é intensa já nas primeiras semanas de gestação, quando muitas vezes a mulher nem mesmo está ciente da gravidez.

    Com duas semanas de gestação, se inicia o desenvolvimento do tubo neural, que dará origem ao cérebro e medula espinhal do bebê. O folato ajuda a garantir a formação correta desse tubo.

    Além disso, a suplementação com a forma comum do ácido fólico não é ideal, já que não se trata da forma biodisponível desse nutriente vital e o corpo precisa converter em folato, sendo que o processo de conversão é lento e as taxas de conversão geralmente são baixas.

    Faz muito mais sentido fornecer ao organismo o ácido fólico já metilado, também chamado de metilfolato. Esta é a forma ativa e biodisponível do ácido fólico que utilizamos no Alpha Mater.

  • COLINA

    De acordo com o estudo “Choline: Exploring the Growing Science on Its Benefits for Moms and Babies”, publicado em 2019 na revista Nutrients, a colina é importante para o desenvolvimento do cérebro, dos tecidos e células do bebê, além de matéria-prima para a produção de acetilcolina, neurotransmissor fundamental para o desenvolvimento das capacidades cognitivas.

    Mesmo com todos esses papéis, este é um nutriente que costuma não estar presente na suplementação pré-natal.

    Várias décadas de pesquisa em animais mostraram que a adição de colina extra à dieta materna produz benefícios cognitivos de longo prazo para os filhos. Além de melhorar a atenção e a memória ao longo da vida, a suplementação materna provou ser neuroprotetora.

    Um estudo recente, randomizado e controlado, publicado em dezembro de 2021, mostrou o mesmo tipo de resultados em humanos (Prenatal choline supplementation improves child sustained attention: A 7-year follow-up of a randomized controlled feeding trial).

    Os autores do estudo afirmaram: “Ao demonstrar que a suplementação materna de colina em humanos produz benefícios de atenção na prole semelhantes aos observados em animais, nossas descobertas sugerem que toda a gama de benefícios cognitivos e neuroprotetores demonstrados em roedores também pode ser vista em humanos.”

    “Ao mostrar que os efeitos benéficos da suplementação pré-natal duram até a infância, essas descobertas ilustram o papel da colina pré-natal na programação do curso do desenvolvimento cognitivo infantil. E como a capacidade de manter a atenção em situações desafiadoras é fundamental para quase todas as áreas do desempenho cognitivo, o impacto cumulativo de melhorar a atenção sustentada provavelmente será substancial”.

  • VITAMINA B12

    A vitamina B12 desempenha um papel vital na produção de glóbulos vermelhos e de DNA, indispensável para a formação e manutenção dos órgãos e processos fisiológicos. Essa é uma das razões pelas quais é tão importante durante a gestação.

    Diversos estudos — inclusive um feito pelo Centro de Saúde Infantil, da Universidade de Tecnologia e da Faculdade de Saúde e Ciências Ambientais, ambas de Auckland, na Nova Zelândia — apontam que sua deficiência aumenta os riscos de má formação e problemas de desenvolvimento do bebê.

    Baixos níveis de vitamina B12 causam uma redução na formação dos glóbulos vermelhos e impedem que se desenvolvam adequadamente, prejudicando o transporte de oxigênio para os órgãos vitais. Isso pode causar sintomas como fadiga e fraqueza.

    A vitamina B12 está presente apenas nos alimentos de origem animal, em especial, carne vermelha, fígado, peixes, frutos do mar, ovos e laticínios. Sendo assim, a ausência ou pouca frequência de consumo de alimentos dessa categoria costuma gerar deficiência ou insuficiência de vitamina B12.

    Existem diferentes formas moleculares de B12, ou cobalamina, a sugestão de especialistas é evitar as versões sintéticas e usar a forma natural, metilada, chamada de metilcobalamina.

    Além destes 5 nutrientes destacados, temos ainda o ferro, que a mulher precisa em maiores quantidades durante a gravidez para ajudar a transportar oxigênio e permitir que o bebê fabrique seu próprio suprimento de sangue; o iodo, crucial para o bom funcionamento da tireoide e para o desenvolvimento cerebral do bebê; todas as vitaminas do complexo B, vitaminas A, D, E e C, zinco, selênio, cobre e outros minerais essenciais.

INGREDIENTES

Óleo de peixe, óleo de coco, bitartarato de colina, bisglicinato de magnésio, bisglicinato de zinco, bisglicinato ferroso, ascorbato de cálcio, nicotinamida, D-alfa tocoferol, fosfato de piridoxal, menaquinona-7, D-pantotenato de cálcio, selenometionina, bisglicinato de cobre, riboflavina-5-fosfato de sódio, mononitrato de tiamina, palmitato de retinol, L-metilfolato de cálcio, picolinato de cromo, iodeto de potássio, molibdato de sódio diidratado, colecalciferol, D-biotina, metilcobalamina e emulsificante lecitina de girassol. Composição da cápsula: gelatina, água purificada, umectante glicerina e corante clorofila. ALÉRGICOS: CONTÉM DERIVADOS DE PEIXE. NÃO CONTÉM GLÚTEN.

INFORMAÇÃO
NUTRICIONAL

Por porção de 3 g (2 cápsulas)

Quantidade
por porção
%VD*
Valor energético11 kcal = 46 kJ1
Proteínas0,6 g1
Gorduras totais1,0 g, das quais:2
Gorduras saturadas0,4 g2
Gorduras trans0,0 g-
Gorduras monoinsaturadas0,1 g-
Gorduras poli-insaturadas0,5 g, das quais:-
Ácido docosahexaenoico (DHA)240 mg-
Ácido eicosapentaenoico (EPA)96 mg-
Colesterol0 mg-
Vitamina A350 mcg44
Vitamina C60 mg109
Vitamina D50 mcg1.000
Vitamina E20 mg200
Tiamina2,0 mg143
Riboflavina2,0 mg143
Quantidade
por porção
%VD*
Niacina30 mg67
Ácido pantotênico5,6 mg93
Vitamina B616 mg842
Biotina45 mcg150
Ácido fólico600 mcg169
Vitamina B127,2 mcg277
Vitamina K112 mcg204
Ferro17 mg63
Zinco23 mg209
Cobre675 mg68
Cromo45 mcg150
Selênio55 mcg183
Magnésio65 mg30
Iodo150 mcg75
Molibdênio23 mcg46
Colina100 mg22
b12

SUGESTÃO
DE USO

Sugestão de uso

A sugestão é tomar as cápsulas logo antes das principais refeições, para maximizar a absorção dos nutrientes.

ALIMENTOS ESPECIAIS PARA ANTES, DURANTE E APÓS A GESTAÇÃO

Inúmeras culturas tradicionais priorizam determinados tipos de alimentos para a fertilidade, gravidez e amamentação.

Tratam-se em sua maioria de alimentos de origem animal densamente nutritivos.

Isso ocorre pois alguns nutrientes só são encontrados em quantidades significativas e na forma mais biodisponível em produtos animais.

Frutas e vegetais, embora importantíssimos como parte de qualquer dieta saudável, em geral não fornecem uma nutrição tão concentrada, completa e facilmente utilizável pelo corpo, algo tão decisivo nestes estágios.

Os melhores alimentos para o período da gestação e amamentação são aqueles ricos em proteínas, micronutrientes e ácidos graxos essenciais, desprovidos de calorias vazias. Veja uma lista:

banner capa

OVOS:

A proteína com todos os aminoácidos essenciais se concentra na clara, enquanto vitaminas, minerais, boas gorduras e outros nutrientes, se concentram na gema. É a nutrição fundamental para sustentar o desenvolvimento de uma nova vida, por isso é tão completo.

Vale destacar que a riqueza dos ovos serve para todos os tipos: de galinha, pata, codorna, inclusive as ovas de peixe, como salmão, truta e carpa, que são muito mais acessíveis do que o caviar, mas igualmente nutritivos.

banner capa

PEIXES OLEOSOS DE ÁGUAS GELADAS:

Salmão selvagem, sardinha e a cavalinha são bons exemplos de peixes desta categoria. Destacam-se pelo alto teor de ômega 3 DHA e EPA, ácidos graxos vitais para o bom desenvolvimento do cérebro, sistema nervoso e sistema visual. São ainda excelentes fontes de proteínas e diversos micronutrientes

banner capa

OSTRAS E FRUTOS DO MAR:

Ostras são as fontes mais concentradas de zinco da natureza, um mineral que participa como co-fator de mais de 300 enzimas, fundamental para a imunidade, para a saúde hormonal e diversos processos vitais que impactam na fertilidade.

Frutos do mar, como mariscos, camarão e outros, possuem perfil nutricional similar. São alimentos com grande concentração de iodo, essencial para a saúde da tireoide, vitamina B12, cobre e outros nutrientes.

banner capa

FÍGADO BOVINO:

Agrada o paladar de poucos, mas é, provavelmente, o alimento mais nutritivo do planeta. Sempre foi muito estimado pelos nossos ancestrais e oferecido para mulheres nos períodos pré e pós gestação.

É tão concentrado em nutrientes, que uma porção (um bife) duas ou três vezes por semana já fornece uma grande quantidade de vitamina A, B12, cobre e outros micronutrientes, além de proteína completa de alta qualidade, coenzima Q10 e colina.

banner capa

CALDO DE OSSOS E COLÁGENO:

O que a ciência hoje demonstra é que são ricas fontes de colágeno, que por sua vez é a fonte mais concentrada de glicina, um aminoácido fundamental e pouco presente na dieta. Precisamos ingerir por volta de 12 g de glicina para satisfazer as necessidades metabólicas diárias, e essa quantidade aumenta na gravidez. No entanto, a alimentação fornece, em média, apenas 2,25 g. Falta muito.

Além do tradicional caldo de ossos, hoje a tecnologia nos possibilita suplementar colágeno de maneira mais prática e direta: através do colágeno hidrolisado em pó. É só misturar com algum líquido e tomar.

banner capa

SPIRULINA E CLORELLA:

Estas duas microalgas fornecem proteína de alta qualidade, vitaminas do complexo B, carotenoides antioxidantes e minerais como ferro, magnésio, cálcio, selênio, potássio e fósforo. Se destacam pela densidade nutricional, praticidade e facilidade de uso. Podemos dizer que estas microalgas servem também como saladas ultraconcentradas, poucos tabletes fornecem mais nutrientes que um grande prato de folhas verdes.

GESTANTES PRECISAM DE MAIS PROTEÍNA

As proteínas são os blocos de construção da vida.

Na gestação, em que a mulher nutre uma nova vida dentro de si, faz todo o sentido aumentar o seu consumo. Milhares de células são criadas todos os dias para o bebê em crescimento e também para o útero e outros tecidos.

Proteína é a matéria-prima para que tudo aconteça. Exemplos de alimentos proteicos são carnes diversas, peixes, frutos do mar, ovos, queijos, feijões, lentilha, sementes de abóbora e ainda extratos proteicos como whey e extratos vegetais.

Isso ocorre pois alguns nutrientes só são encontrados em quantidades significativas e na forma mais biodisponível em produtos animais.

Com o avanço nos métodos para quantificar as necessidades proteicas durante a gravidez, não restam dúvidas que as diretrizes oficiais são insuficientes e estão ultrapassadas.

A IDR atual é de 1,1 g de proteína por kg de peso corporal após o primeiro trimestre. Segundo estimativas mais recentes, a necessidade é de, no mínimo, 1,6 g no início da gravidez e 2 g no final.

AS VANTAGENS DA PROTEÍNA SÃO DIVERSAS:

Ricas em micronutrientes indispensáveis (B12, colina, zinco, ferro, etc.).

Gera saciedade, podendo evitar ânsias e excessos.

Consumida junto de carboidratos melhora a resposta glicêmica, ajudando a prevenir e controlar a diabetes gestacional

Auxilia o sistema vascular, que precisa se adaptar ao maior volume de sangue. A proteína de colágeno é a mais importante para esta finalidade.

Alguns aminoácidos como a taurina, glicina e prolina são especialmente relevantes. Estes são encontrados principalmente em alimentos de origem animal e suplementos.

CONHEÇA CADA UM DOS NUTRIENTES ESSENCIAIS SELECIONADOS

PARA COMPOR ESTE COMPLEMENTO NUTRICIONAL DE EXCELÊNCIA:

  • VITAMINA B1

    (Tiamina - Mononitrato de tiamina)

    Fonte eficaz e estável de vitamina B1, atua como coenzima de numerosas reações, como no metabolismo dos carboidratos, importante para produção de energia. Sua deficiência está associada a desordens neurológicas, estresse oxidativo e alterações cardiovasculares.

  • VITAMINA B2

    (Riboflavina - Fosfato de sódio))

    Precursora de importantes coenzimas participantes na geração de energia, no metabolismo de carboidratos, proteínas e lipídeos. É necessária para o bom funcionamento da piridoxina, no metabolismo do ácido fólico e niacina, no reparo de DNA.

  • VITAMINA B3

    (Niacina - Nicotinamida)

    Precursora essencial para diversas reações enzimáticas no organismo, incluindo produção de energia, reparo de DNA e expressão de citocinas inflamatórias. Estudos recentes mostram benefícios da nicotinamida no tratamento de acne, rosácea e dermatites atópicas.

  • VITAMINA B5

    (Ácido pantotênico)

    Atua em mais de 70 vias enzimáticas. Essencial no metabolismo de lipídeos, carboidratos, proteínas, na síntese de colesterol, hormônios esteróides, hemoglobina e neurotransmissores como acetilcolina.

  • VITAMINA B6

    (Fosfato de Piridoxal)

    É a forma ativa da vitamina B6 e está relacionada principalmente ao metabolismo de proteínas. Desempenha papel importante na síntese de neurotransmissores como dopamina, serotonina, GABA e noradrenalina. Está envolvida também na síntese de colágeno.

  • VITAMINA B9

    (Ácido fólico - Metilfolato Lipossomado)

    Envolvido em processos vitais, incluindo a redução de homocisteína, formação e maturação das células sanguíneas e das células de defesa na medula óssea, desintoxicação, produção de neurotransmissores, como a serotonina, importante para a cognição e manutenção do humor.

  • BIOTINA

    (D - Biotina)

    Assim como outras vitaminas do complexo B, a biotina é um cofator essencial para as vias metabólicas das gorduras, carboidratos e proteínas. Ela também é essencial para a saúde da pele, unhas e cabelos.

  • VITAMINA B12

    (Cobalamina - Metilcobalamina)

    Necessária para a síntese de hemácias e saúde cardiovascular. Participa da síntese de SAM-e, com a propriedade de melhorar a disposição e humor. Estudos mostram ação protetora contra doenças neurológicas e do envelhecimento como Alzheimer, Parkinson e esclerose múltipla.

  • VITAMINA A

    (Palmitato de retinol)

    É a forma ativa da vitamina A, que tem papel fundamental na visão, na melhora da pele, proliferação e divisão celular, regulação da expressão gênica do hormônio do crescimento e defesa antioxidante.

  • VITAMINA C

    (Ascorbato de cálcio)

    É uma forma de vitamina C mais suave para o sistema digestivo. Participa de diversos processos metabólicos, como a formação do colágeno, síntese de corticosteroides e neurotransmissores, aumenta a absorção de ferro e age como antioxidante.

  • VITAMINA D

    (Colecalciferol)

    Necessária para metabolismo do cálcio e do fósforo e na regulação do magnésio, contribuindo para a saúde óssea. Media processos inflamatórios, autoimunes e de controle de níveis pressóricos, doenças cardiovasculares, diabetes e câncer.

  • COBRE

    (Tiamina - Mononitrato de tiamina)

    O cobre auxilia no funcionamento do sistema imune e no metabolismo energético. Contribui para a pigmentação de cabelo e pele, auxilia no transporte de ferro no organismo. É um antioxidante que auxilia na proteção dos danos causados pelos radicais livres e na manutenção dos tecidos conjuntivos.

  • VITAMINA E

    (Acetato de DL-alfa-tocoferol)

    Forma natural e ideal da Vitamina E, um nutriente importantíssimo para o organismo. Possui ação antioxidante, neuroprotetora, previne o envelhecimento precoce e melhora da função imunológica. Esta é a forma mais biodisponível da Vitamina E.

  • VITAMINA K

    (Menaquinona-7, Mk7)

    Atua na coagulação sanguínea, saúde cardiovascular e transporte do cálcio para os ossos. Junto à vitamina D3, previne a calcificação vascular e tem efeito protetor contra doenças cardiovasculares. Atua na ligação do cálcio, deixando a estrutura óssea mais forte e densa.

  • ZINCO

    (Zinco bisglicinato)

    Participa de processos fisiológicos, tais como função imune, desenvolvimento cognitivo, defesa antioxidante, divisão celular e expressão genética, com destaque para processos biológicos de crescimento, desenvolvimento físico e mental.

  • SELÊNIO

    (Seleniometionina)

    Participa de importantes funções metabólicas, do sistema imunológico, da tireoide, na detoxificação de metais pesados, na fertilidade masculina e na saúde cardiovascular. É componente da glutationa, neutralizando radicais livres e protegendo as células

  • MAGNÉSIO

    Mineral vital para a formação de ossos e dentes, metabolismo energético, de proteínas, carboidratos e gorduras. Participa no equilíbrio dos eletrólitos, auxilia no funcionamento neuromuscular.

  • MOLIBDÊNIO

    (Molibdato de sódio hidratado)

    Cofator de 4 enzimas importantes para o organismo com envolvimento no funcionamento mitocondrial, na eliminação de ácido úrico, evitando a formação de compostos que podem levar à mutações do DNA e no processo de detoxificação

  • FERRO

    (Bisglicinato de ferro)

    Auxilia na formação das células vermelhas do sangue, no metabolismo energético, no oxigênio no organismo. Além de ser muito importante para o processo de divisão celular e funcionamento do sistema imune.

  • CROMO

    (Picolinato de cromo)

    Forma orgânica e completamente biodisponível de cromo, essencial ao organismo. Atua no metabolismo de carboidratos, na síntese de proteínas, na ação da insulina nas células, na regulação da glicemia, na melhora do perfil lipídico e também estimula a termogênese.

  • COLINA

    Contribui para o metabolismo lipídico e para o metabolismo da homocisteína. Matéria-prima para a fabricação do neurotransmissor acetilcolina. Componente das membranas celulares e dos neurônios. Fundamental para a saúde do fígado.

  • DHA

    Ácido graxo essencial presente em grandes quantidades no cérebro, olhos e membranas celulares. Participa dos mecanismos anti-inflamatórios do organismo.

  • EPA

    Ácido graxo essencial que participa dos mecanismos anti-inflamatórios do organismo, especialmente no cérebro e sistema nervoso.

ESTUDOS CITADOS:

  • https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/20478353/
  • https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/7408742/
  • https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26901223/
  • https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/24219896/
  • https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/15762297/
  • https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/18789910/
  • https://faseb.onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1096/fj.202101217R
  • https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6722688/ Fatty acid composition of brain, retina, and erythrocytes in breast- and formula-fed infants
  • Maternal milk DHA content predicts cognitive performance in a sample of 28 nations
MULTINUTRIENTES PARA GESTANTES
60 cáps.

/5

    AVALIAÇÕES

    %
    %
    %
    %
    %

    Seja o primeiro
    a avaliar este produto!

    Produtos que você já viu

    Você ainda não visualizou nenhum produto

    Termos Buscados

    Você ainda não realizou nenhuma busca
    atendimento
    OLÁ, VOCÊ ESTÁ NA CENTRAL
    DE ATENDiMENTO PURAVIDA!

    COMO PODEMOS TE AJUDAR?

    FAQ - PERGUNTAS FREQUENTES

    Encontre rapidamente informações relacionadas a produtos, ajuda para comprar no site, meu pedido, frete, etc.

    WHATSAPP - (11) 99010-5501

    Se quiser falar com alguém da
    nossa equipe, chame-nos no WhatsApp
    Segunda a Sexta das 9h às 18h, exceto feriados.

    CHAT

    Uma outra opção para falar com nosso time é pelo chat online
    Segunda a Sexta das 9h às 19h
    Sábado e Domingo das 10h às 16h

    MENSAGEM

    Se preferir, você também pode enviar uma mensagem para nós a qualquer momento.

    Produto Adicionado ao Carrinho

    Nome Produto

    Finalizar compra